Boletim CILeite: Indicadores Leite e Derivados

maio 14, 2021

5 dicas sobre gestão financeira de fazendas
  • O preço do leite ao produtor registou a primeira alta do ano em abril, fechando em R$1,98 por litro, com aumento de 2,3% sobre março.
  • Em relação a abril de 2020, o preço nominal subiu 36,7%.
  • No primeiro trimestre de 2021, a produção inspecionada continuou crescendo, com aumento de 1,3% no volume de leite adquirido em relação ao mesmo trimestre de 2020.
  • Nesse mesmo período, a relação de troca leite/mistura ficou 27% pior, sendo necessário em média 58 litros/60 kg de mistura a base de milho e soja contra 46 litros em 2020.
  • No varejo, o preço da cesta de lácteos subiu 1,45%, puxado pelo leite UHT (+2,4%) e queijos (+1,2%). Em 12 meses, as maiores altas estão nos queijos, leite condensado e leite em pó.

 

  • As importações brasileiras de leite continuaram reduzindo em abril, com queda de 50% sobre março. Entretanto, o volume importado permanece superior ao registrado no mesmo mês de 2020.
  • As exportações tiveram destaque em abril, somando 25 milhões de litros, volume 127% maior que março de 2021 e 379% superior a abril de 2020.
  • O saldo da balança em 2021 registra déficit de US$ 140 milhões e um volume equivalente a 361 milhões de litros de leite.
  • Os preços internacionais permanecem em patamar mais elevados. No primeiro leilão GDT de maio, o leite em pó integral fechou em US$4,115/ton. e o desnatado em US$3,433/ton.

 

 

Fonte: cileite.com.br/

 

Cadastre na nossa newsletter e receba nossas novidades!

Integração
Captcha obrigatório

Últimas Notícias

Os assuntos mais relevantes do momento sobre gestão, inovação, tecnologia e agronegócio.