Boletim CILeite: Preço do leite ao produtor sobe e relação de troca tem ligeira melhora

jun 14, 2021

5 dicas sobre gestão financeira de fazendas
  • O preço do leite ao produtor registrou nova alta em maio, fechando em R$2,04 por litro na média nacional, alta de 2,7% sobre abril. Estados de Goiás, Minas Gerais e São Paulo ficaram com preços acima desta média, enquanto nos estados do Sul, os valores fecharam abaixo.
  • Em relação a maio de 2020, o preço nominal ficou 47,7% maior.
  • A relação de troca leite/mistura teve uma ligeira queda de 1% no mês, sendo necessários 57,2 litros de leite para aquisição de 60 kg de mistura a base de milho e farelo de soja.
  • No varejo, o preço da cesta de lácteos teve alta mensal de 0,65%, com elevação em todos os produtos lácteos analisados. A exceção ficou por conta do leite UHT, que recuou 0,14%.

 

  • As importações brasileiras de leite voltaram a subir em maio, com alta de 14% sobre abril. Entretanto, o volume importado ficou abaixo do final de 2020 e dos primeiros meses de 2021.
  • As exportações recuaram na comparação mensal, mas continuaram acima dos valores observados no ano passado. Em relação a maio de 2020 houve alta de 210%.
  • O saldo da balança em 2021 registra déficit de US$ 162 milhões e um volume equivalente a 402 milhões de litros de leite.
  • Os preços internacionais permanecem em patamares mais elevados. No primeiro leilão GDT de junho, o leite em pó integral fechou em US$4.062/ton. e o desnatado em US$3.415/ton.

 

 

Fonte: Cileite

Cadastre na nossa newsletter e receba nossas novidades!

Integração
Captcha obrigatório

Últimas Notícias

Os assuntos mais relevantes do momento sobre gestão, inovação, tecnologia e agronegócio.