Checklist: 5 critérios importantes para escolher um ERP

abr 6, 2020

5 dicas sobre gestão financeira de fazendas

Com tantas informações que envolvem a tomada de decisões e a aplicação de estratégias para o crescimento de um negócio, ganha vantagem competitiva a empresa que souber lidar melhor com os seus dados e otimizar a gestão deles. Assim, independentemente do tamanho da organização (pequena, média ou grande), não há mais espaço para planilhas e anotações que dificultam o compartilhamento e a análise dos processos.

O momento é o de utilização de sistemas de gestão (ERP) que facilitem o trabalho, modernizando a empresa e promovendo a integração entre seus diversos setores. Com um bom ERP, você:

  • economiza mais tempo;
  • consegue padronizar processos e fluxos;
  • executa decisões mais bem embasadas;
  • melhora a segurança da informação;
  • diminui os custos operacionais.

Com todas as vantagens apresentadas, é hora de escolher o melhor ERP para a sua empresa. Vamos aos 5 critérios que você deve considerar antes de fechar negócio com o fornecedor? Confira!

1. Quais são as necessidades do seu negócio?

Esse é o primeiro e, talvez, mais importante critério a ser avaliado quando escolher o melhor ERP para seu negócio. Quais são os dados e as áreas que demandam maior controle em sua empresa? Que processos devem passar pela automatização para que possam ser melhorados? Em que atividades um sistema de gestão trará otimização dos fluxos, alcançando, assim, os seus objetivos?

2. Funcionalidades do ERP

Ao identificar as necessidades de todos os setores, ficará mais fácil entender que tipos de funções o ERP deverá apresentar para que realmente ofereça os resultados que a equipe espera. Essa etapa é importante porque há muitas soluções no mercado com funcionalidades complexas, mas que nem sempre são indicadas para todas as empresas.

O ideal é buscar um ERP que possa ser personalizado de acordo com as demandas levantadas em seu planejamento.

3. Facilidade de implantação

Sabemos que toda mudança de fluxos precisa de tempo, planejamento, envolvimento e capacitação da equipe e uma boa dose de paciência para sua implantação. Por isso mesmo, ao escolher o melhor ERP, verifique a complexidade da sua instalação e quais serão os impactos nos processos de trabalho enquanto estiver na fase de adaptação.

Assim, poderá antecipar possíveis gargalos e planejar melhor a gestão dessas mudanças. Vale checar se o fornecedor oferece todo o suporte necessário, os treinamentos e as possibilidades de alterações no sistema, caso sejam necessárias.

4. Preço acessível

Com todas as informações em mãos, é hora de avaliar o orçamento para a implantação do sistema de gestão em sua empresa. Descubra qual o limite para o investimento e verifique se o fornecedor poderá atender às suas necessidades dentro desse valor. Analise bem o custo-benefício dos orçamentos apresentados antes de decidir e sempre negocie as possíveis personalizações da ferramenta.

5. Busque feedback sobre o fornecedor

Por fim, a escolha do melhor ERP para o seu negócio passa, fundamentalmente, pela experiência do fornecedor do sistema, além da oferta de suporte, capacitação e customização da solução. Pesquise a reputação das empresas que apresentarem os projetos antes de tomar uma decisão.

Como vimos, para escolher o melhor ERP, será preciso uma autoanálise envolvendo os seus colaboradores. Isso ajudará a entender como ele poderá ajudar na otimização dos processos e na integração entre as áreas. Também permitirá que você implemente uma solução personalizada.

Cadastre na nossa newsletter e receba nossas novidades!

Integração
Captcha obrigatório

Últimas Notícias

Os assuntos mais relevantes do momento sobre gestão, inovação, tecnologia e agronegócio.