Indicadores Leite e Derivados – Setembro / 2021

set 15, 2021

5 dicas sobre gestão financeira de fazendas
  • O preço do leite ao produtor registrou a quinta alta consecutiva no ano, influenciado pela baixa disponibilidade do produto. Na média nacional, a cotação foi de R$2,31 por litro em agosto.
  • O aumento no preço do leite ajudou a melhorar a relação de troca leite/mistura (milho+ soja), mas segue bem pior que no mesmo período do ano passado. Em agosto foram necessários 47,6 litros de leite para aquisição de 60 kg de mistura, 23% superior a agosto de 2020.
  • No varejo, o preço da cesta de lácteos teve nova alta mensal de 1,89%. Destaques para a elevação dos queijos, leite em pó e leite UHT. Em 12 meses, a inflação no grupo de leite e derivados foi de 11,79%, enquanto a média dos alimentos ao consumidor no Brasil subiu 12,4%.

 

 

 

  • As importações brasileiras de leite totalizaram 74,8 milhões de litros em agosto, um aumento de 3,2% em relação a julho. Em relação a agosto do ano passado houve forte queda.
  • As exportações totalizaram 14,2 milhões de litros no mês, com boa elevação sobre 2020.
  • O saldo da balança comercial, no acumulado até agosto, registrou déficit de US$ 241 milhões e um volume de 575 milhões de litros. No ano passado, neste mesmo período, a entrada líquida de leite foi de 539 milhões de litros.
  • Os preços internacionais registraram alta no último leilão GDT, de 07 de setembro. O leite em pó integral fechou em US$3.691/ton (+3,2%) e o desnatado em US$3.274/ton (+7,8%).

Cadastre na nossa newsletter e receba nossas novidades!

Integração
Captcha obrigatório

Últimas Notícias

Os assuntos mais relevantes do momento sobre gestão, inovação, tecnologia e agronegócio.