Magistech

Procurando por um ERP para agronegócio? Veja como podemos te ajudar!



Os principais desafios ao adotar a Indústria 4.0

A indústria 4.0 é um novo conceito de indústria que surgiu recentemente. O termo é de origem alemã, sendo apresentado pela primeira vez na feira de Hannover no ano de 2013. Mais popularmente conhecido como “quarta revolução industrial”, está fortemente ligada ao avanço da tecnologia, o que tem contribuído para o seu crescimento nos últimos anos. 

Vale ressaltar que a indústria 4.0 tem se deparado com muitos desafios para implantar-se no setor industrial brasileiro, embora muitas empresas já tenham percebido o quanto é importante seu ajuste às novas tecnologias. Algumas delas já investem na automação, mas ainda não chegaram ao nível da indústria digital. 

Para que uma fábrica chegue ao modelo 4.0, é necessário um bom investimento em tecnologia e em processos integrados e, principalmente, a aceitação de mudanças que envolvam sua própria cultura.

Conheçam os principais desafios na implantação da indústria 4.0

Quando o assunto está relacionado às novas tecnologias, como no caso da indústria 4.0, surgem inúmeras dúvidas, principalmente em relação às exigências que dizem respeito a infraestrutura e investimentos, independentemente de sua origem, sendo parte do setor privado ou não. 

No post de hoje vamos mostrar para as empresas os principais desafios da indústria 4.0 no Brasil e quais as razões dessa tecnologia enfrentar tantos obstáculos para ser implementada no país. Confira!

Melhoria do processo de produtividade

O primeiro dos desafios da indústria 4.0 é impactar positivamente os processos produtivos de uma organização, de modo a atingir a excelência operacional por meio das novas tecnologias, como a 4.0. Por sua vez, esse recurso irá contribuir para uma evolução mais ágil e consistente. 

Portanto, para otimizar todo esse processo, a empresa poderá aliar a tecnologia da 4.0 ao sistema de ERP, indicado para empresas de diversos portes e segmentos. O ERP conta com funcionalidades que irão ajudar na automatização de todos os processos e informações importantes para a organização e, além disso, ajuda a reduzir os custos desnecessários.

Falta de conhecimento

A falta de cultura digital tem sido uma das principais causas do atraso no desenvolvimento de algumas organizações, o que levou-as a perder a competitividade frente ao mercado. 

A indústria 4.0 conta com diversos benefícios que vão ajudar no crescimento competitivo e nos resultados. Contudo, para que isso ocorra, é necessário que as organizações busquem se aprofundar mais na cultura digital.

Implantação

Muitos gestores questionam o alto custo de implantação, usando esse fator como principal empecilho na transição de sua tradicional indústria para a 4.0. Alguns alegam falta de linha de crédito para investimento nesse campo, ou seja, o incentivo que ajudaria as indústrias a chegarem a esse nível.   

Atualmente, esse tipo de questionamento deixou de ser a principal barreira para a implantação, principalmente devido à grande popularização da indústria 4.0. Esse processo de difusão permitiu às novas tecnologias condições de ofertar valores mais acessíveis, sem contar que o custo investido na implantação é compensado com retornos positivos, tais como:

  • Redução de custos;

  • Aumento na produtividade;

  • Diminui falhas operacionais;

  • Mão de obra qualificada.

Princípios da indústria 4.0 e o ERP

Dentre os princípios da indústria 4-0, o sistema de coleta é um de seus alicerces. Seu objetivo é tornar cada vez melhor todo o processo de produtividade dos equipamentos, fazendo com que sejam mais eficientes. 

Sendo assim, fica claro que a tecnologia passou a fazer parte do dia a dia das indústrias, facilitando todo o processo de informações e produção, tornando-o mais acelerado e prático, tanto para os gestores, quanto para os colaboradores. Tudo isso é possível devido às funcionalidades que permitem uma análise mais ampla dos dados e informações precisas para a empresa. 

O ERP, por sua vez, é um sistema de gestão com funções muito eficientes que permite o controle de inúmeros dados e informações relacionados à produtividade, armazenando-os em uma única plataforma, de modo que todos possam ter total acesso e se comunicarem em tempo real.

O sistema ERP, com sua eficiência, permite ao gestor detectar onde estão surgindo as falhas e, dessa forma, facilita a elaboração de ações para reduzi-las e garantir uma gestão mais eficiente e produtiva, ocasionando em resultados mais assertivos. Lembrando que o ERP se adapta muito bem às fábricas inteligentes e indústria 4.0. Sendo assim, ficam evidentes os reais motivos para a implantação dessa tecnologia em seu empreendimento.


A Magistech é uma empresa especializada em implantação de sistema de gestão ERP para empresas de pequeno, médio e grande porte, independente do seu segmento. Para melhor atender a todos os seus clientes, a instituição  conta com diversas soluções tecnológicas como o ERP Agronegócio, todas produzidas com a mais alta tecnologia.

Veja mais: Sistema de coleta de leite | ERP Agronegócio | O que é MRP


Data de Publicação: 07/08/2019
Autor: Magistech
Leia outras notícias

Atuamos há mais de 15 anos no segmento lácteo, com destaque para nossos serviços de ERP para Laticínios e sistema de coleta de leite.

Magistech - Solicite um Orçamento